sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

ACTA - A nova ameaça para a rede


Esclareço desde já que não sou a favor da pirataria, mas acredito que o remédio para isso não passa pela censura da internet como pretendem as grandes corporações. 
As coisas começam assim, parecem não ter muita importância e a causa é considerada justa, porém, quando formos prestar a  devida a atenção já estaremos pagando para acessar qualquer site, ou pior ainda, teremos toda comunicação vigiada e controlada de alguma forma.

Controlar a informação é um fator importante para o domínio dos povos, precisamos ter cuidado, pois através de uma causa aparentemente justa pode haver interesses inconfessáveis.

Segue abaixo a mensagem recebida por email de Dalia Hashad da Avaaz.org. 
Quem puder passe lá e assine a petição.

O. Berlitz


Caros amigos,

Na semana passada, 3 milhões de nós contra-atacaram a investida dos Estados Unidos sobre nossa Internet! --- mas há uma ameaça ainda maior e nosso movimento global pela liberdade online está completamente decidido a acabar com essa ameaça de uma vez por todas.

ACTA - um acordo global - pode permitir que as corporações censurem a Internet. Negociado secretamente por um pequeno número de países ricos e por poderes corporativos, esse acordo configuraria um novo órgão sombrio para a regulamentação comercial internacional que daria poder para interesses privados policiarem tudo que fazemos online e iria impor enormes penalidades -- inclusive sentença à prisão -- a pessoas que eles julgarem estar afetando seus negócios.

Nesse exato momento, a Europa está decidindo se ratificará ou não o ACTA -- e sem ela, o ataque global à liberdade na Internet vai desmoronar. Nós sabemos que a Europa se opôs ao ACTA anteriormente, mas alguns membros do Parlamento Europeu estão hesitando -- vamos dar o empurrão que eles precisam para rejeitar o tratado. Assine a petição -- faremos uma entrega espetacular em Bruxelas quando alcançarmos 500.000 assinaturas:


É revoltante -- os governos de quatro quintos da população mundial foram excluídos das negociações do Acordo Comercial Antipirataria (ACTA) e burocratas não eleitos têm trabalhado de perto com lobistas corporativos para criar novas regras e um regime de aplicação dessas regras altamente perigoso. O ACTA cobriria inicialmente os EUA, Europa e 9 outros países, e então se expandiria para o mundo. Mas se conseguirmos que a União Europeia diga não agora, o tratado perderá sua força e poderá ser paralisado para sempre.

As regras bastante rigorosas significam que pessoas em qualquer lugar do mundo são punidas por atos simples como compartilhar um artigo de jornal ou enviar um vídeo de uma festa que possua uma música sob direitos autorais. Vendido como sendo um acordo comercial para proteger os direitos autorais, o ACTA pode também banir medicamentos genéricos que salvam vidas e ameaçar o acesso de fazendeiros locais a sementes que eles precisam. E, espantosamente, o comitê do ACTA vai ter carta-branca para mudar suas próprias regras e sanções sem controle democrático.

O interesse das grandes corporações está pressionando muito pela aprovação do ACTA, mas o Parlamento Europeu está no meio do caminho. Vamos enviar um apelo enorme aos parlamentares para ignorarem o lobby e se posicionarem a favor da liberdade da Internet. Assine agora e envie para todos que você conhece.


Na semana passada, vimos a dimensão do poder da coletividade quando milhões de nós juntaram forças para impedir que os EUA aprovassem leis de censura da Internet que atingiriam a rede em cheio. Nós também mostramos ao mundo o quão poderosas nossas vozes podem ser. Vamos levantar nossas vozes mais uma vez para combater essa nova ameaça.

Com esperança e determinação, 

Dalia, Alice, Pascal, Emma, Ricken, Maria Paz e o restante da equipe da Avaaz 

Mais informações: 

ACTA: poloneses vão às ruas protestar contra acordo antipirataria (Terra Brasil)

Se você achava que SOPA era ruim, espere até conhecer o ACTA (em inglês) (Forbes)

ACTA vs. SOPA: Cinco razões pelas quais o ACTA é a ameaça mais assustadora para a liberdade na Internet (em inglês) (IB Times)

O tratado secreto: ACTA e seu impacto no acesso a medicamentos (em inglês)


domingo, 22 de janeiro de 2012

Show de talento na Índia. Cuidado cenas fortes.


Já vi gente fazendo esse tipo de coisa, mas esses batem recorde.
Não se pode dizer que isso é propriamente um talento.
Doidos demais.



sábado, 21 de janeiro de 2012



Eu não poderia deixar de comentar que:

Concordo com muita coisa, porém, não com o que disse sobre o sertanejo, o funk é mil vezes pior.
E por falar em Bossa Nova, apesar de ser agradável de ouvir e representar uma época acho que reservar espaço na tv para Villa Lobos, Guimarães Rosa, Vinicius de Moraes e Cândido Portinari pode ser interessante, mas me faz pensar...

Será que não poderia citar alguém vivo ? Pois é, a que ponto chega a nossa falência cultural e moral ?
O que esse pessoal da Bossa Nova que está vivo fez nos últimos tempos, que sucesso deles pode ser citado nos últimos anos.
Onde andam Chico Buarque, Gilberto Gil, Caetano Veloso? 
Ninguém fez mais nada, nenhum sucesso nas paradas nos últimos anos?
Estou citando só os que me ocorreram sem pensar muito, mas já dá para ter uma ideia.

Dizer que esse comprometimento com a cultura tem que ser política de estado é ser muito ingênuo ou não querer enxergar o óbvio. 

A política do estado sempre foi voltada para dois objetivos:
1) Quem está no poder quer permanecer no poder custe o que custar.
2) Para favorecer o primeiro objetivo é necessário fornecer pouca cultura, informação controlada e voltada para beneficiar o todo poderoso de plantão.
Para comprovar isso, aí está a aprovação automática nas escolas, formando gerações de ignorantes, arrogantes e mal informados.

O povo consome o que lhe é dado. Realmente, e isso não acontece por falta de opções não. Acontece porque não está nem aí, perdeu a capacidade de se indignar, se todos desligassem a televisão nessa hora esse tipo de programa não existiria, mas todos acham tudo normal, tudo natural, o errado virou certo, e quem fala em favor da moral e dos bons costumes é considerado atrasado, desatualizado, homofóbico e corre o risco de ser processado.

Conclusão I: A situação é essa porque é exatamente isso que interessa aos que controlam o sistema.

Conclusão II: As televisões abrem espaço para a mediocridade porque o povo que a assiste é medíocre, volto a dizer se desligassem a tv não haveria anunciantes, sem anunciantes o lixo não iria ao ar. 
Teriam que fazer outra coisa. O caminho é por aí, mas como conscientizar a massa ?

Quanto a afirmação de que o PT não tem que distribuir só renda, mas também cultura. Nem vou comentar, aliás, vou dizer somente uma coisa.
O pior cego é o que não quer ver.



domingo, 15 de janeiro de 2012

Os 10 primeiros acontecimentos curiosos da internet.

Você já parou para pensar como surgiram várias criações que usamos hoje com frequência na internet?

1. A primeira imagem da web
A primeira imagem da história da web foi uma foto com quatro mulheres, as Les Horribles Cernettes. Um programador chamado Silvano de Gennaro, que trabalhou para a CERN (Organização Europeia de Pesquisa Nuclear), localizada em Genera, Suiça, recebeu a incumbência de escanear a foto e enviar via FTP. A intenção do solicitante, Tim Berners-Lee, era disponibilizar a foto num novo sistema de compartilhamento de informações que ele próprio tiha inventado e batizado. Tratava-se da “World Wide Web”.
[Fonte]
.
.

2. O primeiro e-mail
Para quem não sabe, o e-mail foi criado por um programador chamado Ray Tomlinson, em 1971. Até então, era possível enviar e-mail apenas para computadores conectados em uma mesma rede. Tomlinson criou a estrutura de e-mail que é usada atualmente e incluiu o símbolo “@” nos endereços eletrônicos. Ao trazer o símbolo “@”, ele separou o e-mail da máquina do usuário, e, portanto, conseguiu fazer com que sua mensagem fosse enviada para qualquer pessoa em qualquer máquina.
O que Ray escreveu em seu primeiro e-mail? Nem ele mesmo lembra claramente, mas deve ter sido algo semelhante com “QWETYUIOP”. Já o primeiro e-mail redigido de forma normal foi enviado aos seus colegas de trabalho, explicando como usar o novo recurso através da rede. [Fonte]
.
.

3. O primeiro e-mail spam
Com a criação do e-mail e a derrubada da barreira que impedia a comunicação direta com o mundo, a porta estava aberta para o primeiro e-mail spam. O primeiro spam foi enviado em 1978 por Gary Thuerk, um gerente de marketing da Digital Equipment. Curiosamente, já naquela época o spam não era visto com bons olhos. Os modens em 1978 eram muito lentos e o download de um texto muito longo fazia com que o computador praticamente parasse. [Fonte]
.
.

4. O primeiro banner
A At&T é responsável pelo primeiro banner. A iniciativa partiu da revista Wired, que decidiu colocar um anúncio com a frase “Compre publicidade em nossa nova revista on-line”. A oferta deu certo e a AT&T foi a primeira empresa a montar um banner. Em vez de fazer a abordagem direta, eles usaram uma nova estratégia de publicidade online que incitava o leitor a clicar. [Fonte]
.
.

5. O primeiro item vendido no eBay
Pierre Omidyar criou o eBay (uma espécie de Mercado Livre dos EUA) em setembro de 1995. O primeiro item vendido foi um apontador laser quebrado, que custou 14 dólares.
.
.

6. A primeira “twittada”
Biz Stone, um dos co-fundadores do Twitter, publicou sua primeira twittada apenas 11 minutos antes do outro sócio, Evan Williams. Em 21 de março de 2006, às 12:51, Stone escreveu algo como: “apenas ajustando meu twitter”. [Fonte]
.
.

7. O primeiro mecanismo de busca
O primeiro mecanismo de busca foi o Archie, criado em 1990 por Alan Emtage, um estudante da Universidade McGill, em Montreal – Canadá. O programa baixava listas de diretórios de todos os arquivos localizados em sites públicos de FTP anônimos, criando uma base que permitia a busca por nome dos arquivos. Felizmente, depois de algum tempo, veio o Google para liderar o mercado. O Archie ainda sobrevive, mas, por alguma razão, ele só permite que você pesquise sites poloneses.
.
.


8. O primeiro vídeo do Youtube
O primeiro vídeo publicado no Youtube apresenta Jawed Karim, um dos fundadores do site, em um jardim zoológico, falando de um elefante. O vídeo foi postado em 23 de abril de 2005. Mal sabia Karim, que no ano seguinte, o site seria considerado a “a maior invenção do ano” pela revista Time.
.
.

9. O primeiro site pornô
É difícil provar definitivamente, mas acredita-se que o site sex.com, registrado em 1994 por Gary Kremen, seja o primeiro endereço pornô na internet. Curiosamente, Kremen não tinha intenção de torná-lo pornográfico. Foi Stephen M. Cohen que viu no domínio um grande potencial pornográfico. Cohen, através de uma manobra fraudulenta, acabou transferindo o domínio para o seu nome e rapidamente transformou-o num próspero e lucrativo comércio de pornografia. Kramen, furioso com a falcatrua de Cohen, entrou numa longa batalha judicial, que o fez retomar o domínio e ser indenizado em US$ 65 milhões. Porém, antes que pudesse ser obrigado a pagar o valor, Cohen fugiu para o México e transferiu todo o dinheiro para uma conta fantasma. Em 2005 ele foi localizado e entregue às autoridades. Depois de tanta confusão, Kremen acabou vendendo o domínio por US$ 12 milhões. [Fonte]
.
.

10. A primeira programadora
Foi Jean Bartik a primeira programadora do mundo. Ela foi uma das seis mulheres responsáveis pela programação do ENIAC, um dos primeiros computadores do mundo. Bartik trabalhava no projeto que calculava a trajetória das balas na II Guerra Mundial e também envolveu-se no desenvolvimento do primeiro computador vendido comercialmente, o UNIVAC.

A pesquisa não é minha o material foi recebido por email e postado da mesma forma.

Big brother Brasil um programa imbecil

O Cordel que deixou Rede Globo e Pedro Bial indignados...
 
 
Antonio Barreto
Descrição: cid:1.218661223@web113509.mail.gq1.yahoo.com

Cordel que deixou Rede Globo e Pedro Bial indignados
Antonio Barreto nasceu nas caatingas do sertão baiano, Santa Bárbara/Bahia-Brasil.
Professor, poeta e cordelista. Amante da cultura popular, dos livros, da natureza, da poesia e das pessoas que vieram ao Planeta Azul para evoluir espiritualmente.
Graduado em Letras Vernáculas e pós graduado em Psicopedagogia e Literatura Brasileira.
 
Seu terceiro livro de poemas, Flores de Umburana, foi publicado em dezembro de 2006 pelo Selo Letras da Bahia.
Vários trabalhos em jornais, revistas e antologias, tendo publicado aproximadamente 100 folhetos de cordel abordando temas ligados à Educação, problemas sociais, futebol, humor e pesquisa, além de vários títulos ainda inéditos.
Antonio Barreto também compõe músicas na temática regional: toadas, xotes e baiões.Descrição: cid:2.218661224@web113509.mail.gq1.yahoo.com
 
BIG BROTHER BRASIL UM PROGRAMA IMBECIL.
            
Autor: Antonio Barreto, Cordelista natural de Santa Bárbara-BA, residente em Salvador.
            
Curtir o Pedro Bial
E sentir tanta alegria
É sinal de que você
O mau-gosto aprecia
Dá valor ao que é banal
É preguiçoso mental
E adora baixaria.
            
Há muito tempo não vejo
Um programa tão 'fuleiro'
Produzido pela Globo
Visando Ibope e dinheiro
Que além de alienar
Vai por certo atrofiar
A mente do brasileiro.
            
Me refiro ao brasileiro
Que está em formação
E precisa evoluir
Através da Educação
Mas se torna um refém
Iletrado, 'zé-ninguém'
Um escravo da ilusão.
            
Em frente à televisão
Longe da realidade
Onde a bobagem fervilha
Não sabendo essa gente
Desprovida e inocente
Desta enorme 'armadilha'.
            
Cuidado, Pedro Bial
Chega de esculhambação
Respeite o trabalhador
Dessa sofrida Nação
Deixe de chamar de heróis
Essas girls e esses boys
Que têm cara de bundão.
            
O seu pai e a sua mãe,
Querido Pedro Bial,
São verdadeiros heróis
E merecem nosso aval
Pois tiveram que lutar
Pra manter e te educar
Com esforço especial.
            
Muitos já se sentem mal
Com seu discurso vazio.
Pessoas inteligentes
Se enchem de calafrio
Porque quando você fala
A sua palavra é bala
A ferir o nosso brio.
            
Um país como Brasil
Carente de educação
Precisa de gente grande
Para dar boa lição
Mas você na rede Globo
Faz esse papel de bobo
Enganando a Nação.
            
Respeite, Pedro Bial
Nosso povo brasileiro
Que acorda de madrugada
E trabalha o dia inteiro
Da muito duro, anda rouco
Paga impostos, ganha pouco:
Povo HERÓI, povo guerreiro.
            
Enquanto a sociedade
Neste momento atual
Se preocupa com a crise
Econômica e social

Você precisa entender
Que queremos aprender
Algo sério - não banal.
            
Esse programa da Globo
Vem nos mostrar sem engano
Que tudo que ali ocorre
Parece um zoológico humano
Onde impera a esperteza
A malandragem, a baixeza:
Um cenário sub-humano.
            
A moral e a inteligência
Não são mais valorizadas.
Os "heróis" protagonizam
Um mundo de palhaçadas
Sem critério e sem ética
Em que vaidade e estética
São muito mais que louvadas.
            
Não se vê força poética
Nem projeto educativo.
Um mar de vulgaridade
Já tornou-se imperativo.
O que se vê realmente
É um programa deprimente
Sem nenhum objetivo.
            
Talvez haja objetivo
"professor", Pedro Bial
O que vocês tão querendo
É injetar o banal
Deseducando o Brasil
Nesse Big Brother vil
De lavagem cerebral.
            
Isso é um desserviço
Mal exemplo à juventude
Que precisa de esperança
Educação e atitude
Porém a mediocridade
Unida à banalidade
Faz com que ninguém estude.

É grande o constrangimento
De pessoas confinadas
Num espaço luxuoso
Curtindo todas baladas:
Corpos "belos" na piscina
A gastar adrenalina:
Nesse mar de palhaçadas.
            
Se a intenção da Globo
É de nos "emburrecer"
Deixando o povo demente
Refém do seu poder:
Pois saiba que a exceção
(Amantes da educação)
Vai contestar a valer.
            
A você, Pedro Bial
Um mercador da ilusão
Junto a poderosa Globo
Que conduz nossa Nação
Eu lhe peço esse favor:
Reflita no seu labor
E escute seu coração.
            
E vocês caros irmãos
Que estão nessa cegueira
Não façam mais ligações
Apoiando essa besteira.
Não deem sua grana à Globo
Isso é papel de bobo:
Fujam dessa baboseira.
            
E quando chegar ao fim
Desse Big Brother vil
Que em nada contribui
Para o povo varonil
Ninguém vai sentir saudade:
Quem lucra é a sociedade
Do nosso querido Brasil.
            
E saiba, caro leitor
Que nós somos os culpados

Porque sai do nosso bolso
Esses milhões desejados
Que são ligações diárias
Bastante desnecessárias
Pra esses desocupados.
            
A loja do BBB
Vendendo só porcaria
Enganando muita gente
Que logo se contagia
Com tanta futilidade
Um mar de vulgaridade
Que nunca terá valia.
            
Chega de vulgaridade
E apelo sexual.
Não somos só futebol,
baixaria e carnaval.
Queremos Educação
E também evolução
No mundo espiritual.
            
Cadê a cidadania
Dos nossos educadores
Dos alunos, dos políticos
Poetas, trabalhadores?
Seremos sempre enganados
e vamos ficar calados
diante de enganadores?
            
Barreto termina assim
Alertando ao Bial:
Reveja logo esse equívoco
Reaja à força do mal.
Eleve o seu coração
Tomando uma decisão
Ou então: siga, animal.
            
FIM
 
Pois é, falou tudinho, concordo 100%. 
Claro que aprovação automática nas escolas favorece a esse tipo de coisa. O povo não pensa e se transforma em uma massa de teleguiados.

Boa proposta

Recebi por email de um amigo português, e não poderia deixar de postar, fiz alguns acréscimos para incluir também o brasileiro, porque é justo, é mais do que justo.
O Português reclama de quê?

O Português é assim e o brasileiro também:

A- Coloca nome em trabalho/licenciatura que não fez.

B- Coloca nome de colega que faltou em lista de presença.

C- Paga para alguém fazer seus trabalhos
.

1. - Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.

2. - Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.

3. - Suborna ou tenta subornar quando é apanhado cometendo uma infração.

4. - Troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, peixe, camisolas e até placas dentárias.

5. - Fala no telemóvel enquanto conduz.

6. - Usa o telefone da empresa onde trabalha para ligar para o telemóvel dos amigos (me dá um toque que eu retorno...) - assim o amigo não gasta nada.

7. - Conduz pela direita e pelos passeios nos engarrafamentos.

8. - Para em filas duplas e triplas, em frente às escolas.

9. - Viola a lei do silêncio.

10. - Conduz bêbado.

11. - Fura filas nos bancos, nas repartições públicas, etc. etc. utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas. 
Sim, e eu acrescento que usa a lei para se beneficiar em prejuízo dos outros, exemplifico: existe a lei do idoso, que criou entre outras coisas, caixas preferenciais para pessoas acima de 65 anos, deficientes físicos, gestantes etc.., só que muitos deles trabalham, e aí, pegam todos os papéis da empresa e vão para o caixa preferencial, quando deveriam, obviamente, utilizar o atendimento normal, os outros, ora, os outros que se lixem. 
Talvez por constrangimento ninguém reclama, eu já reclamei com o banco mas eles disseram que era melhor não criar problemas, pois é, vida que segue.

12. - Deita  lixo nas ruas, nas calçadas, nos jardins.

13. - Usa atestado médico sem estar doente, só para faltar ao trabalho.

14. - Usurpa  luz, água e tv por cabo.

15. - Regista imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.

16. - Compra recibos para abater na declaração das finanças para pagar menos imposto.

17. - Quando viaja em serviço pela empresa, se o almoço custou 10?, pede factura de 20?.

18. - Comercializa objectos doados em campanhas de catástrofes, ou para ajuda a mais necessitados.

19. - Estaciona em espaços exclusivos para deficientes.

20.. - Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.

21. - Compra produtos piratas com a plena consciência de que são piratas.

22. - Substitui o catalisador do carro por um, que só tem a casca.

23. - Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do metro, sem pagar passagem.

24. - Leva das empresas onde trabalha, pequenos objetos, como clipes, envelopes, canetas, lápis... etc. etc. como se isso não fosse roubo.

25. - Falsifica tudo, tudo mesmo... só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado, aqui tenho que fazer uma triste ressalva, só não é pior que o chines e o paraguaio.

26. - Quando volta do estrangeiro, nunca diz a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta ou perguntava o que traz na bagagem.

27. - Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.
E quer que os políticos sejam honestos....

Escandaliza-se com a corrupção dos políticos, o dinheiro das  cartões de crédito, das despesas nas passagens aéreas e da estadia no estrangeiro... nesse caso urge esclarecer que aqui ninguém se escandaliza com mais nada.
Esses políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo, ou não? 
Claro que sairam nunca se soube ter chegado a Terra alguém de outro planeta. 
Eu acho até que nada acontece com esses corruptos porque na realidade quem está de fora está na verdade na fila, só esperando uma oportunidade de conseguir uma "boquinha."

O Português reclama de quê, afinal?

E é a mais pura verdade, isso que é o pior! Então sugiro adotarmos uma mudança de comportamento, começando por nós mesmos, onde for necessário!


Vamos dar o bom exemplo!


Espalhe essa idéia!

"Fala-se tanto da necessidade deixar um planeta melhor para os nossos filhos e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores (educados, honestos, dignos, éticos, responsáveis) para o nosso planeta, através dos nossos exemplos...."
Amigos!Esse é um dos e-mails mais verdadeiros que recebi.
Colhemos o que plantamos! A mudança deve começar dentro de nós, nossas casas, nossos valores, nossas atitudes.
E já agora se fuma, deixe de fumar

Em compensação...


sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Os generais presidentes


"Erros foram praticados durante o regime militar, eram tempos difíceis. Claro que no reverso da medalha foi promovida ampla modernização de nossas estruturas materiais. Fica para o historiador  do futuro emitir a sentença para aqueles tempos bicudos."
Mas uma evidência salta aos olhos.

Quando Castelo Branco morreu num desastre de avião, verificaram os herdeiros que seu patrimônio limitava-se a um apartamento em Ipanema e umas poucas ações de empresas públicas e privadas.
 
Costa e Silva, acometido por um derrame cerebral, recebeu de favor o privilégio de permanecer até o desenlace  no palácio das Laranjeiras, deixando para a viúva a pensão de marechal e um apartamento em construção, em Copacabana.
 
Garrastazu Médicidispunha, como herança de família, de uma fazenda de gado em Bagé, mas quando adoeceu, precisou ser tratado no Hospital da Aeronáutica, no Galeão.  
 
Ernesto Geisel,antes de assumir a presidência da República, comprou o Sítio dos Cinamonos, em Teresópolis, que a filha  vendeu para poder manter-se no apartamento e três quartos e sala, no Rio.
 
João Figueiredo, depois de deixar o poder, não aguentou as despesas do Sítio  do Dragão, em Petrópolis, vendendo primeiro os cavalos e depois a propriedade.
Sua viúva, recentemente falecida, deixou um apartamento em São Conrado que os filhos depois colocaram à venda, ao que parece em estado lamentável de conservação.
 
Não é nada, não é nada, mas os cinco generais-presidentes até podem ter cometido erros, mas não se meteram em negócios, não enriqueceram, nem receberam benesses de empreiteiras beneficiadas durante seus governos. Sequer criaram institutos destinados a preservar seus documentos ou agenciar contratos para  consultorias e palestras regiamente remuneradas.
 
Bem diferente dos tempos atuais, não é? "
Por exemplo o Lulinha, filho do Lula,era até pouco tempo atrás funcionário do Butantã/SP, com um salário (já na peixada politica) de R$ 1.200,00 e hoje é proprietário de uma fazenda em Araraquara, adquirida por 47 milhões de reais, e detalhe, comprada a vista.

 
Centenas de outros politicos, também trilharam e trilham o mesmo caminho. Se fosse aberto um processo generalizado de avaliação dos bens de todos politicos, garanto que 95% não passariam, seria comprovado destes o enriquecimento ilícito.

 JORNALISTA CARLOS CHAGAS


Recebido por email, acredito que isso deve estar sendo enviado para muita gente, mas ainda assim resolvi postar porque pelo que me consta, a verdade é que a roubalheira, a impunidade  e o deboche estão escancarados como jamais se viu nesse país.

Crônica da Loucura


O melhor da Terapia é ficar observando os meus colegas loucos. Existem dois tipos de loucos. O louco propriamente dito e o que cuida do louco: o analista, o terapeuta, o psicólogo e o psiquiatra. Sim,somente um louco pode se dispor a ouvir a loucura de seis ou sete outros loucos todos os dias, meses, anos. Se não era louco, ficou.

Durante quarenta anos, passei longe deles.. 
Pronto, acabei diante de um louco, contando as minhas loucuras acumuladas.. Confesso, como louco confesso, que estou adorando estar louco semanal. 

O melhor da terapia é chegar antes, alguns minutos e ficar observando os meus colegas loucos na sala de espera. Onde faço a minha terapia é uma casa grande com oito loucos analistas. Portanto, a sala de espera sempre tem três ou quatro ali, ansiosos, pensando na loucura que vão dizer dali a pouco. Ninguém olha para ninguém. O silencio é uma loucura. E eu, como escritor, adoro observar pessoas, imaginar os nomes, a profissão, quantos filhos têm, se são rotarianos ou leoninos, corintianos ou palmeirenses. 
 

Acho que todo escritor gosta desse brinquedo, no mínimo, criativo. E a sala de espera de um "consultório médico", como diz a atendente absolutamente normal (apenas uma pessoa normal lê tanto Paulo Coelho como ela), é um prato cheio para um louco escritor como eu. Senão, vejamos...

Na última quarta-feira, estávamos:
1. Eu
2. Um crioulinho muito bem vestido,
3. Um senhor de uns cinqüenta anos e
4. Uma velha gorda.

Comecei, é claro, imediatamente a imaginar qual seria o problema de cada um deles. Não foi difícil, porque eu já partia do principio que todos eram loucos, como eu. Senão, não estariam ali, tão cabisbaixos e ensimesmados.


 (2) O pretinho, por exemplo. Claro que a cor, num país racista como o nosso, deve ter contribuído muito para levá-lo até aquela poltrona de vime. Deve gostar de uma branca, e os pais dela não aprovam o namoro e não conseguiu entrar como sócio do "Harmonia do Samba"? Notei que o tênis estava um pouco velho. Problema de ascensão social, com certeza. O olhar dele era triste, cansado. Comecei a ficar com pena dele. Depois notei que ele trazia uma mala. Podia ser o corpo da namorada esquartejada lá dentro. Talvez apenas a cabeça. Devia ser um assassino, ou suicida, no mínimo. Podia ter também uma arma lá dentro.. Podia ser perigoso. Afastei-me um pouco dele no sofá. Ele dava olhadas furtivas para dentro da mala assassina.

(3) E o senhor de terno preto, gravata, meias e sapatos também pretos? Como ele estava sofrendo, coitado. Ele disfarçava, mas notei que tinha um pequeno tique no olho esquerdo. Corno, na certa. E manso. Corno manso sempre tem tiques. Já notaram? Observo as mãos. Roía as unhas. Insegurança total, medo de viver. Filho drogado? Bem provável. Como era infeliz esse meu personagem. Uma hora tirou o lenço e eu já estava esperando as lágrimas quando ele assoou o nariz violentamente, interrompendo o Paulo Coelho da outra. Faltava um botão na camisa. Claro, abandonado pela esposa. Devia morar num flat, pagar caro, devia ter dívidas astronômicas. Homossexual? Acho que não. Ninguém beijaria um homem com um bigode daqueles. Tingido.

(4) Mas a melhor, a mais doida, era a louca gorda e baixinha. Que bunda imensa. Como sofria, meu Deus. Bastava olhar no rosto dela. Não devia fazer amor há mais de trinta anos.  Será que era esse o problema dela?  Não! Tirou um terço da bolsa e começou a rezar. Meu Deus, o caso é mais grave do que eu pensava. Estava no quinto cigarro em dez minutos. Tensa. Coitada. O que deve ser dos filhos dela? Acho que os filhos não comem a macarronada dela há dezenas e dezenas de domingos. Tinha cara também de quem mentia para o analista. Minha mãe rezaria uma Salve-Rainha por ela, se a conhecesse.

Acabou o meu tempo. Tenho que ir conversar com o meu psicanalista. Conto para ele a minha "viagem" na sala de espera.
  
Ele ri, ..... ri muito, o meu psicanalista, e diz:

- O Ditinho é o nosso office-boy. 
- O de terno preto é representante de um laboratório multinacional de remédios lá no Ipiranga e passa aqui uma vez por mês com as novidades. 

- E a gordinha é a Dona Dirce, a minha mãe.
- E você, não vai ter alta tão cedo....

Luiz Fernando Veríssimo  

Postagens populares